domingo, 24 de julho de 2011

TESTEMUNHO (IR. MARCOS) - SINAL DE DEUS E MUTIPLICAÇÃO!



O meu prazer e creio que de vcs e de muitos outros irmãos é glorificar à Deus. Deus sabe o quanto eu tenho prazer. Deus preparou de conhecer o irmão Leonardo pessoalmente e dar um abraço no servo de Deus. E a alegria dele é glorificar à Deus. Caro servo de Deus. Ele criou este tópico para esse fim. 

Nós lemos tantas coisas tristes né?. Vemos e contemplamos e ouvimos e passamos e vivenciamos tantos sentimentos que nos querem pôr para baixo.

E quando passamos por aqui vemos os nossos irmãos glorificando à Deus. Pode se tratar de uma parte até virtual aonde muitos não concordam. Mas eu aprendi que um glória chama outro glória e um aleluia chama outro aleluia e que o céu é rico e esta com celeiro e depósitos celestiais cheios de riquezas e talentos para dispensar nos homens. Mas para isso tem que se ter interesse em crer em acreditar em falar das coisas do céu. Hoje já refutam muita coisa e dizem que não é Deus. Isso entristece o coração de Deus.

Somos a matéria-prima para Deus nos transformar em bençãos. Em quem o coração arde de alegria e lateja de amor pelas obras do céu e as coisas celestiais o Senhor sempre operará. Aprendi que cada gravetinho que se ajuntar aqui e der glória o Senhor vai fazer um fogueira. Com o vigor e a visitação do céu a incredulidade vai embora, as cadeias caem, as algemas e correntes se quebram. O pássaro que se sentia triste preso na gaiola começa a bater as suas asas e sente o calor do verão e o perfume da primavera e a natureza completa o mais belo ciclo de sua estação.


Deus seja louvado!!! Amém. Eu agradeço à Deus que ontem domingo dia 10/07/2011. O Senhor nos levou na cidade de São José dos Campos - interior de SP. Fomos visitar um casal mais o seu filhinho. E congregamos numa Congregação que esta em fase de ampliação no meio do mato e retirada da cidade chamada Bairro do Turvo.

O culto lá começa as 10:00 hs da manhã. A igreja está sem a porta e esta toda em fase de reboco pela ampliação da sala de oração. Mas sentimos a virtude e o poder de Deus. Um povo contente e alegre que dá glórias à Deus. E numa parte da Palavra de Deus o Senhor apregoava que muitos sem saber hospedaram anjos e outros que não quiseram hospedar os anjos perderam a benção e a libertação. O Senhor muito abençoou o culto.

Retornamos a casa do irmão que fomos visitar. Sua esposa ficou à preparar o almoço e por isso não fora com nós congregar. Passamos no açougue a comprar a mistura e fomos para a casa do irmão no retorno. Quando chegamos lá tem uma outra família de nossos irmãos que moram de frente a esse irmão que fomos visitar. E eles estavam acabando de almoçar e chamaram nós para almoçar. A esposa do irmão e da casa aonde estávamos ia preparar a mistura para almoçarmos. Mas aquela família amorosa nos chamou para almoçar um churrasco que ali estava preparado. Pegamos o arroz que tava na casa do irmão e fomos nos unir aquela família grandiosa. Mas que nos trataram com muito amor.



Enquanto almoçavámos e falavámos das obras de Deus não percebemos nenhum movimento. Depois que acabamos de almoçar continuávamos na comunhão a falar das grandezas celestiais do pai em nosso meio. Num dado momento sentimos a presença de Deus invadir e envolver o nosso sentimento. Alguns naquela casa estavam dispersos em outras conversações. Mas nós que ali estavámos naquela roda de cadeiras nos calamos percebendo que já era hora de orar porque o momento estava ideal porque Deus nos visitava.

Chamamos aquela grandiosa família para orar. Muita gente. Mas um amor hospitaleiro perceptível. Muitas moças, moços e crianças. E na hora da Oração o Senhor começou a nos visitar. A entrada daquele movimento espiritual foi um hino tocado e cantado por uma moça no órgão e a presença de Deus arrancava lágrimas dos nossos olhos.

Num dado momento de joelhos o Senhor nos visitava e ali percebíamos o coral de choros daquele povo sendo visitado. E só Deus pode arrancar lágrimas de uma criança. E víamos crianças chorando naquela Oração.

Quando nos levantamos. Um irmão soluçando em lágrimas nos contou que quando ali chegamos para almoçar. Não havia carne assada o suficiente para nós as visitas e ele quis ficar atribulado e se pertubou e se preocupou. Ele nos contara que fechou a tampa da panela enquanto nós conversavámos na entrada da casa e ele foi 
num dado cômodo da casa preocupado com o pouco de carne que tinha para as visitas e quando ele voltou preocupado com a carne que ali estava na panela ele disse que o Senhor operou um milagre ali na hora e multiplicou aquela carne que estava batendo na tampa. Ninguém percebeu que ele saiu dali chorando quando testificou essa obra e não quis falar nada para ninguém no momento.

Mas o mais bonito é que ali todos estavam sendo visitado por Deus e esse mesmo irmão que viu essa obra ocular (não sei se antes ou depois). Mas ele tem um enteado e ele não falava com o enteado há mais de um ano. E ali todos sentindo Deus e se abraçando. Deus marcou um encontro de reconciliação do padastro com o enteado e no caminho da reconciliação Deus desceu com o fogo da aprovação e batizou o irmão que viu o milagre da multiplicação com o sêlo do Espírito Santo. E o irmão não se continha de alegria falando em línguas. Seu corpo estremecia. E Deus fez uma grande festa no nosso meio.

Tudo isso foi ontem no domingo dia 10/07/2011. Eu estou contente porque verdadeiramente nos receberam com muito amor e como anjos enviados de Deus. E depois o irmãozinho me contou que a mãe desse irmão que foi selado com o Espírito Santo havia pedido um sinal e orou que queria ver o movimento de Deus na vida de seu filho naquela visita. Mas o mais importante que o nome de Deus esta aqui sendo glorificado e saibam que ele ainda opera os seus milagres. Amém

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...