sexta-feira, 22 de abril de 2011

BATIZAR APÓS OS 12 ANOS APENAS? O QUE A BÍBLIA DIZ?

Na bíblia não mostra de forma OBJETIVA em qual idade a criança deve-se batizar, mas de forma SUBJETIVA; usando a RAZÃO e a HERMENÊUTICA é possível saber.





Vou explicar usando a tradição judaica, a história, a teologia.

A tradição Judaica: Entre os rituais, podemos citar a circuncisão dos meninos (aos 8 dias de vida ) e o Bar Mitzvah que representa a iniciação na vida adulta para os meninos e a Bat Mitzvah para as meninas ( aos 12 anos de idade ).

Partindo deste princípio entramos nas Escrituras Sagradas, no Velho Testamento existe uma passagem onde nos dá um ensinamento sobre a questão, existe um período de idade da criança que eu costumo denominar idade fora da Razão, onde a criança é inocente de seus atos.

Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel. Manteiga e mel comerá, quando ele souber rejeitar o mal e escolher o bem Na verdade, antes que este menino saiba rejeitar o mal e escolher o bem, a terra, de que te enfadas, será desamparada dos seus dois reis. Porém o SENHOR fará vir sobre ti, e sobre o teu povo, e sobre a casa de teu pai, pelo rei da Assíria, dias tais, quais nunca vieram, desde o dia em que Efraim se separou de Judá. Porque há de acontecer que naquele dia assobiará o SENHOR às moscas, que há no extremo dos rios do Egito, e às abelhas que estão na terra da Assíria; E todas elas virão, e pousarão nos vales desertos e nas fendas das rochas, e em todos os espinheiros e em todos os arbustos. Naquele mesmo dia rapará o Senhor com uma navalha alugada, que está além do rio, isto é, com o rei da Assíria, a cabeça e os cabelos dos pés; e até a barba totalmente tirará. ( Isa 7:14-20 / ARF )

Essa foi uma profecia de dupla aplicação, pois dizia a respeito de Jesus Cristo (Is. 7:14) e a cerca da queda dos reinos Síria, Israel e Judá; usando como analogia o nascimento do filho de Ísaias ( Is 8:3,4 )

Voltando ao capítulo 7

Vers. 15 – coalhada e mel; significavam a volta à dieta simples dos que viviam da terra incultivada. A invasão assíria devastaria os campos e impossibilitaria a agricultura ( Vers 22-25 ).

Vers. 15b - quando ele souber rejeitar o mal e escolher o bem ; essa passagem faz saber, a idade da determinação e responsábilidade moral, de acordo com a lei, que é apartir dos 12 anos.

Essa profecia foi feita a Acaz rei de Judá, onde vaticinava que qdo o menino estivesse com 12 anos ( 722/721 a. C ) estaria comendo coalhada e mel em vez dos produtos agricolas, isto em virtude da devastação de Israel pela Assíria.

Vers. 16 - antes que este menino saiba rejeitar o mal e escolher o bem [...] terra [...] deserta; conferir com os versos 4; e 8:4; “Antes” do menino ter 12 anos; a Síria e Israel terão sido despojados.

Isso aconteceu em 732 a. C qdo o menino estava com cerca de dois anos de idade.

Vers. 17 – Efraim se separou de Judá, quase dois séculos antes ( I Rs 12:19,20 ). O apelo de Acaz fez a Assíria traria alivio temporário ( II Rs 16:8,9 ). Mas no fim a Assíria acabaria atacando Judá ( Is 8:7,8 e 36:1 ).

Vers 18,20,23 - Qdo o filho de Ísaias tinha cerca de 1 a 2 anos de idade, o período é idêntico entre 7:16 e 8:4 onde Damasco ( capital da Síria ) foi esmagado por Tiglate-Pileser III rei da Assíria em 732 a.C., e Israel foi totalmente derrotado no mesmo ano.

Embora a primeira etapa da destruição do Reino do Norte ( Samaria ) só foi completada em 722-721 a.C. qdo o menino estava com cerca de 10 a 11 anos de idade.



CONCLUSÃO: Dentro deste contexto fica fácil compreender, toda criança abaixo dos doze anos não tem idade para determinação e responsábilidade moral [ pode haver exeções ]; e para tanto não deve se batizar, pois para tal precisa crer e ter real noção do compromisso feito com Deus.

Qto aos que tem o dom de evidências de línguas abaixo dos doze anos, pelo dom mostra publicamente que creu no Senhor, afinal; o dom só pode ser manifesto no homem pelo Espírito Santo por meio da fé:

Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. ( Ef. 1:13 )

De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. ( Rm. 10:17 )

Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas. ( Ef. 2:10 ); mencionei este versículo pois todo cristão tem que saber o certo o errado; o santo e o profano; e procurar andar na retidão e santificação.

Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. ( I Pe. 1:15,16 )

Isso não quer dizer que somos perfeitos e não pecamos; pelo contrário, todos, sem exeção peca, mas devemos nos esforçar em andar em santificação gradativamente, conforme as forças de cada um; e não viver na prática do pecado, tendo o pecado como norma de vida.

E qdo pecar, arrependa-te de coração e peça perdão a Deus em nome do Senhor Jesus,

Porque não temos um sumo sacerdote [ Jesus Cristo ] que não possa compadecer-se das nossas fraquezas [ pecados ]; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. ( Heb. 4:15)

Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós. ( I Jo 1:8-10 )

MAS VEJAM BEM:

MEUS filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. ( I Jo 2:1,2 )

Isto não quer dizer viver deliberadamente em pecado como os ímpios, mas procurando andar nas boas obras, mesmo que por incapacidade humana acabamos pecando por fraqueza e não por hábito.

Dentro deste contexto precedente, é tirado a responsabilidade das costas dos pais e adultos; pois a razão mostra que os responsáveis pelas crianças são os mesmos.

MAS QDO TRATA-SE DE SALVAÇÃO, o batismo não salva, é apenas uma confissão pública que o tal creu no Senhor Jesus, somos unicamente salvos pela fé, nem sempre será possível alguém batizar, como o ladrão na cruz ou por outro motivo JUSTIFICÁVEL. 

Isso é uma precaução ( com responsábilidade ); afinal; se a criança creu mas não tem o dom de evidências de novas línguas para batizar e veio a falecer, ESTÁ SALVA; pois a salvação é pela fé no Senhor Jesus, e tbm tem a questão da idade da RAZÃO que postei acima.

O dom de línguas é um sinal para os adultos que a criança realmente entendeu o evangelho e creu; assim como as boas obras é um sinal que realmente os irmãos tem fé no Senhor Jesus, pois a fé produz boas obras.

Por isso os pais devem ensinar os filhos desde da mais tenra meninice no caminho do Senhor, para que possa eles crerem e terem a REAL certeza de salvação pela fé em Jesus Cristo, com ou sem batismo.


Deus vos abençõe! ( Ir. Marschall )

5 comentários:

  1. Mas Jesus foi circuncisado ao 8 dia assim como todas as crianças judia e o batismo nas aguas ainda não estava sendo realizado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, José e Jesus viveram sob a Lei e cumpriam as determinações de Moisés. O batismo apareceu mais tarde.

      Excluir
  2. Me batizei aos 11 anos ja na igreja evangélica, mas não tinha consciência do ato, devo me batizar novamente?

    ResponderExcluir
  3. Marchal, não é verdade seu comentário no final. Estive pesquisando este assunto da idade da razão, batismo, etc... E o estudo que fez foi o mais completo, direto e esclarecedor que vi até agora. Isso aqui é uma pérola amigo!

    É um estudo profundo que levanta também outras questões sobre assuntos paralelos.

    Vc lançou uma luz em alguns pontos obscuros da Bíblia. Relacionou fatos tanto do AT quanto dos Evangelhos usando a lógica. Não acredito que esteja errado.

    Jesus precisa de homens como vc.
    Que parecem serem dotados de grande discernimento e dedicação e no entanto se mantém humildes.

    Muito bom!

    Vou até copiar esse texto como referência para estudos.

    A Paz do Senhor.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...