terça-feira, 24 de agosto de 2010

COMO SUCEDEU A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS CRISTO?


Na crucificação, Cristo foi posto de costas sobre o madeiro, para que fosse crucificado suas mãos numa viga horizontal, essa figa recebia o nome de patibulun.

Os romanos utilizavam pregos grandes, com cerca de 15 cm e bem afiados, ao contrário do que vemos nas pinturas e filmes, os pregos eram fixados nos pulsos. Os pregos ultrapassavam os punhos, esmagando o nervo central, esse é o maior nervo da mão, cujo nome é nervo ulna, causando uma dor excruciante, é essa palavra inventada para descrever tamanha dor, visto que não se pode encontrar outra.

Excruciante origina-se de “cruz”.

Imagine, qdo batemos sem querer o cotovelo, dá aquele “choque”, aquela dor rápida, mas que é suficiente para fazer-nos gemer, agora imagine esse nervo sendo torcido e esmagado por um alicate, a sensação de dor seria a mesma tendo a ulna esmagada por um prego.

Assim ao pregar os punhos, nas escrituras qdo refere-se a transpassar as mãos, significa os punhos, pois na época assim os judeus denominavam. Ao transpassar as mãos [ punhos ], faziam o mesmo com os pés, e a dor era semelhante aos dos punhos, INSUPORTÁVEL!

Tanto que ao levantá-lo, devido à dor do nervo esmagado, seus braços ficaram imediatamente esticados, os ombros saíram do lugar, porque assim acontece e as suas juntas se distendem em aproximadamente 15 cm, cumprido-se as escrituras que diz:

Como água me derramei, e todos os meus ossos se desconjuntaram; o meu coração é como cera, derreteu-se no meio das minhas entranhas. ( Salmos 22:14 )

Uma vez levantado, a crucificação é em essência, uma lenta agonia por asfixia, isso porque a tensão dos músculos e do diafragma deixa o peito na posição de inalar. Mas para fazer isso a pessoa crucificada tem que apoiar sobre os pés, para aliviar um pouco a tensão dos músculos, mas ao fazer o pregos começam a rasgar os pés até se prender aos ossos do tarso, então debaixo de dor a pessoa consegue exalar e depois relaxa para inalar, isso sucessivamente, isso sucede até a exaustão, onde não consegue mais empurrar-se para cima.

Qdo isso acontece, a respiração diminui e a pessoa entra em acidose respiratória:

ACIDOSE RESPIRATÓRIA: O dióxido de carbono no sangue é dissolvido em ácido carbônico, fazendo a acidez do sangue aumentar, fazendo com isso o coração bater irregularmente.

Jesus chegando nessa etapa entendeu que já estava o fim e exclamou:

"E, clamando Jesus com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isto, expirou." (Lucas 23 : 46)

Nisso sofreu um ATAQUE CARDIÁCO e morreu!



DEPOIS, COM A AJUDA DE DEUS, POSTAREI O PORQUÊ DE TER SAÍDO ÁGUA E SANGUE DAS COSTELAS QDO NA CRUZ JESUS FOI LANCETADO.

AGUADEM... Abraços

Deus vos abençoe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...