domingo, 14 de março de 2010

OBRA DE LIBERTAÇÃO ( PULMÃO ) - IR. HERMELINDO


Senti de postar essa obra realizada pelo Rei da glória na vida no nosso ir. Hermelindo; o servo
Deus causou-se e por graça e misericórdia do Senhor teve 12 filhos, sendo o último nascido com um problema no pulmão, pois nasceu com uma membrana envolta do pulmão, como uma capa de plástico, e o médico disse que ele não sairia do hospital, pois ele havia ingerido água de parto, e qdo isto ocorre em um pulmão “mata” e no filho do ir. Hermelindo havia ocorrido nos dois pulmões; e para isto não há antibiótico que cura.
E o médico falou para o ir. Hermelindo que casos como estes a criança dura no máximo dois a três dias e vem a óbito. E o irmão saiu e foi avisar sua esposa, e chegando e dizendo que ela iria embora mas a criança não; pois a criança estava desenganada e a situação era irreversível, sua esposa disse que o filho era deles e que levá-lo-ia embora. O ir. Hermelindo na simplicidade foi até o berçário pegou a criança e foi embora, afinal os médicos haviam esquecido de avisar os responsáveis que a criança não era para ter alta.
Os dias passou e no prazo dado pelos médicos que a criança morreria, a criança começou arruinar, ficando muito mal, a molera dele afundou, os lábios e as unhas ficaram roxas, foi perdendo o fôlego; o ir. Hermelindo ficando preocupado e não queria levá-lo ao médico, pois sabia que o mesmo chamaria a atenção dele, mas diante da situação acabou indo, e no meio do caminho a sua esposa com a criança no colo dizia para o ir. Hermelindo que seu filho estava morrendo, e o irmão tentou consolá-la dizendo que se conformasse afinal Deus tinha dado 12 filhos a eles, mas a sua esposa ( ir. Marlene ) disse que se fosse assim não adiantava servi a Deus, pois ela cortava o cabelo e qdo começou a servi a Deus não cortava mais, andava de calção, bermuda e agora não andava mais, foi ensinada a não mostrar o corpo, não tentando Senhor nosso Deus, amanhecia assistindo televisão e parou, em duas ou três pessoas secava um litro de pinga, pois bebia também e agora não bebia mais, fazia tudo que a carne queria, e agora faziam tudo que a palavra de Deus mandava, e só porque o médico disse que seu filho ia morrer, ele iria morrer, que Deus que eles serviam? Se Deus existe; se Deus é verdadeiro aquele menino não morreria, pois tudo quanto Deus havia pedido ela estava fazendo e o ir. Hermelindo também.
Quando chegou no hospital em Jundiaí/SP o médico constatando a gravidade do problema já colocou a criança nos aparelhos e alertava para os pais que aquela criança não tinha cura. Foi levado o caso a igreja e começou a orar pela criança. E naquele dia estava dois irmãos no culto que sentiram de irem visitar a criança no hospital, chegando lá as enfermeiras disseram que não podiam, pois a criança estava nas ultimas, morre e não morre. Eles encontraram um jeito de entrar, e deparou com a mãe com uma mamadeira na mão vendo a criança morrer, chorando cujas lágrimas escorriam pela face.
Eles ali mesmo dobraram os joelhos e foi somente “meio minuto de oração”: Senhor; faça esse milagre e enquanto viver o pai e a mãe vão dar glória ao Teu nome, no nome do Senhor Jesus. Levantaram depressa, afinal eles não podiam entrar lá, disse: ir. Marlene dá a mamadeira para a criança em nome do Senhor Jesus, dá a mamadeira para a criança. A mãe não queria alegando que a criança estava agonizando para morrer, mas os irmãos insistiram: ir. Marlene dá a mamadeira para a criança em nome do Senhor Jesus. E em nome do Senhor Jesus a mãe deu a mamadeira, a criança começou a beber o leite, começou a se recuperar, começou a se mexer e para finalizar Deus a libertou e hoje está grande, tocando na orquestra e é secretário da administração. Glória a Deus!

Um comentário:

  1. A paz de Deus Irmão!
    Qual a sua comum congregação ?;
    Deus que abençõe , obras lindas!
    A paz de Deus!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...