domingo, 17 de janeiro de 2010

OBRA - MILAGRE, PARALÍTICO ANDA ( IR. ELEIZEU )



Esta obra aconteceu em Julio Mesquita/SP, região de Marília cujo ancião responsável é o irmão Luiz Amorin. Quem quiser conhecer o servo de Deus é só ir lá, endereço? Os habitantes da cidade rsrsrsrsrsrsrs... é só chegar lá e perguntar onde ele mora.
Assim ele nos contou: Júlio Mesquita é uma cidade pequena no meio da roça e muitas obras Deus já tinha operado nela, mas se fazia 7 anos que não tinha batismo, mas que Deus falou assim pela palavra: Eu vou fazer uma obra nesta aquela cidade, eu vou fazer um reboliço e vou mexer com a cidade, mas eu preciso colocar alguém em cima da cadeira de roda. E uma semana depois desta palavra uma dor muito forte de cabeça manifestou no ir. Elizeu e os médicos constataram um aneurisma em sua cabeça, e ele foi transferido para o Hospital de Marília/SP para fazer uma topografia computadorizada; mas os médicos inverteram as injeções e aplicou duas seringas de iodo no corpo do ir. Elizeu, o iodo subiu pra cabeça e roubou o oxigênio do cérebro e neste momento ele veio a desfalecer e entrou em coma , os médicos tentando acordá-lo não conseguia, passou uma semana dentro do Hospital em coma, e os médicos viram que o coração parou de bater,e assim os médicos disse: Olha nós erramos, vamos mandá-lo a casa de seus pais e eles se viram. Qdo chegou na casa do pai dele o mesmo vendo a situação do filho e vendo que estava praticamente sem vida levou de volta ao Hospital, mas qdo chegou no hospital, os médicos disse que não dava para fazer mais nada, o pai dele insistindo com o médico dizendo olha a situação do meu filho, e o médico respodendo disse que não tinha jeito, e que só teve dois casos no mundo como aquele, um na Inglaterra e outra na Síria e as duas morreram, e o ir. Elizeu seria o terceiro, que o iodo é uma química muito forte, abaixo do ácido vem o iodo, e se aplicar uma seringa de iodo em um animal dentro de poucos minutos ele morre, e no seu filho dizia o médico, foram aplicadas duas seringas e ele já está muitos dias que está em coma, está sem vida, pois se aplicar uma seringa de iodo em uma pessoa dentro de minutos ele come toda a retina dos olhos e as cordas vocais, e seu filho além de estar sem vida está cego e mudo. E o pai insistindo com o médico ele foi levado para uma sala e foi colocado um monte de aparelhos pelo corpo e aplicou um monte de medicamentos, mas não resolveu nada e os médicos ligaram para os seus pais e falaram para ir buscarem o corpo pois já não tinha mais o que fazer, e o médico virando-se saiu da sala e foi embora, de repente o ir. Elizeu abriu os olhos e perguntou ao enfermeiro o que ele estava fazendo naquele lugar; a enfermeira assustada correu atrás do médico e disse que o moço que tinha entrado sem vida tinha voltado, o médico correndo para o quarto disse Elizeu vc está me vendo, ele respondeu sim doutor, aí o médico perguntou se ele era crente, o ir Elizeu respondeu por graça e misericórdia de Deus sirvo-O na CCB , o médico disse: Agradeça o seu Deus porque um milagre acabou de acontecer, porque não era para vc voltar em vida, e se voltasse era para estar cego e mudo e vc está enxergando e falando também. Assim o médico foi fazer os exames para ver se ainda tinha iodo no corpo dele, e foi constatado que o iodo tinha matado da cintura para baixo, os especialista queimavam suas pernas, furavam com uma agulha de saco, transpassando de um lado para o outro, e nada. Os médicos o mandaram para Campinas/SP, para P.Prudente/SP e não conseguiu nada, então os médicos chamou a família e disse: Se pegar o Elizeu e o levar para o exterior não vai adiantar nada, que de agora em diante ele é paralitico, nunca mais vai andar, ficar de pé, leva o teu menino pois agora ele é paralítico. O ir. Elizeu ouvindo virou para o lado da parede e começou a chorar, neste momento o médico disse: Elizeu nós sabemos que existe um maior do que nós , se algum dia vc conseguir se movimentar, vc vem aqui conversar com nós. E ele respondeu: Dr. Um dia eu volto conversar com vocês, porque ele confiava na palavra. Colocara-o em uma cadeira de rodas e mandou-o para Julio Mesquita/SP, a cidade pequena, ficou sabendo rapidamente; pois todo mundo conhece todo mundo, foram todos chorar com ir. Elizeu, as duas filhinhas dele a menor de 3 anos e mais velha 5 anos choravam com o pai; neste tempo já se fazia 12 anos de casado, e aquela que dizia que o amava já não o amava mais, aquela que dizia que era companheira já não era mais companheira, deixando-o sem dar banho, sem trocar e dar o que comer, muitas das vezes ele em cima de uma cadeira de rodas saia para o quintal que não era cimentado o pneu da cadeira sujava e qdo ele entrava para dentro da sala ficava as marcas no chão então a mulher dele vinha e batia nele com o fio de ferro, qdo ele escondia o fio de ferro, ela batia com cabo de vassoura, sua filha mais velha ( Sara ) qdo via aquilo entrava no meio e acabava apanhando também, mas mesmo assim ela não suportou a prova e pegou uma criatura e foi embora, abandonado-os.
E ele naquela situação com duas crianças pequenas disse: Senhor e agora? Perdi metade de mim, perdi a esposa e com duas crianças pequenas. E Deus respondeu dentro de sua alma: Ela foi embora, mas eu não fui, estou contigo e vou te ajudar. Assim Deus foi dando força a ele, qdo tinha alguma coisa no alto e precisava; sua filha colocava a escada e ela pegava, na rua, em uma subida as duas filhas o empurrava, na descida as duas sentavam em seu colo e desciam juntos, muitas das vezes as duas filhas davam banho nele, trocavam de roupa e davam o que comer, porque ele não podia falar para a família, pois sua mãe estava desenganada da medicina, seu pai também desenganado da medicina, seu irmão mais novo estava já 15 dias no hospital na UTI, seu irmão mais velho condenado a morte por causa do coração, mas estava Deus dentro da casa dele para ajudar. O tempo foi se passando e numa passagem de ano ele disse: Senhor muitos passam o ano contente, alegres e festejando; e eu Senhor? Vou entrar paralítico numa cadeira de rodas. Deus mandou Sua palavra dizendo: Meu filho no ano que se aproxima eu entro na sua casa, na sua família, eu vou cumprir a minha palavra na terra. Ele pegou esta palavra e guardou dentro do coração. Qdo ele chegou em sua casa a cadeira de rodas não era dele, pois tinha pego emprestada, a pessoa pegou de volta, ele não tinha condições de compra outra, e teve que ficar arrastando pelo chão por um tempo, até Deus preparou outra, Deus preparou sua aposentadoria, e assim o Senhor foi trabalhando em sua vida. Mas chegando o mês de abril, aquela que foi embora, vendo que perdeu tudo, POIS QUEM PERDE ESSA GRAÇA, PERDE TUDO!
Entrou na justiça para tomar a casa, e as filhas dele. E ele disse: Senhor e agora? Pedir metade de mim, pedir a esposa, e vou perder a casa e as crianças. Mas Deus mandou sua palavra dizendo: Eu entro no Fórum, tomo a boca do advogado e do Juiz a teu favor. Assim irmãos ele foi para a audiência em Cafelândia/SP, e o advogado vindo ao encontro dele disse: Elizeu, sinto muito! Não podemos fazer mais nada, porque a lei dá direito da mãe ficar com as filhas, ainda mais crianças pequenas, e vc paralítico numa cadeira de rodas, a Juíza está lá dentro e já assinou os papéis que as filhas vai ficar com a mãe. E ele respondeu: Tá bom Dr. Assim ele entrou para dentro da sala da Juíza clamando: Senhor Tú falaste pela palavra que se eu te honrasse na minha mocidade, no dia do amanhã Tú me honrarias também, Senhor! Eu não vou num campo de futebol, eu não bebo e não fumo, eu não assisto televisão, eu preciso de uma obra Tua na terra, eu preciso agora dentro do Fórum!
Deus entrou com ele dentro daquele Fórum, ele deparou com a Juíza, o promotor e os advogados. Colocaram-no em volta da mesa, o advogado dele disse: Meritíssimo a testemunha está aí fora, vamos chamar para ouvi-lo primeiro. Mas a Juíza disse: Hoje eu vou fazer diferente, hoje eu não vou ouvir testemunha. O advogado insistindo falando que a lei dava direito numa causa como aquela, ouvir três testemunhas. A Juíza respondeu: É verdade! Mas eu não sei por que, mas hoje eu vou fazer diferente. Eu já tinha assinado o papel, e decretado que as filhas iam ficar com a mãe. Mas para se cumprir a palavra ela pegou os papéis em cima da mesa e falou: A casa, as filhas e os móveis vão ficar com o pai até qdo ele viver na terra!
Assim voltando para Júlio Mesquita/SP, contente pela obra que Deus tinha feito; ele ficou sabendo que existe um aparelho chamado tutor, que se coloca na perna e a pessoa fica em pé, mas este aparelho naquele tempo custava R$ 2.450,00 e ele não tinha condições de comprar. Ele foi buscar a palavra e o Senhor disse assim: Eu tomo o governador do Estado, o presidente a seu favor. No Estado de São Paulo existe 850.000 pessoas paraplégicas esperando um aparelho deste por ano, onde o governador faz um sorteio e onde cair ele faz a entrega; mas para isto precisava preencher ficha, cadastro, documento e esperar na fila. Mas ele esperou pela palavra, não mandou documento, não fez ficha e nem preencheu cadastro e não esperou em homem nenhum. O governador sorteou o aparelho que caiu em Julio Mesquita/SP dentro da casa dele também. O aparelho foi de grande valia para ele, mas ele tinha uma tristeza por ser paralítico, suas pernas eram toda atrofiadas e cheias de cicatrizes, um dia ele chegou na sua filha mais velha e perguntou: Sara vc não tem vergonha de ter um pai paralítico, o pai das suas coleguinhas vão com elas contentes, alegres pela rua, e eu vocês tem que me empurrar numa cadeira de rodas, vocês sabem que sua mãe já foi embora, vocês não tem vergonha de um pai paralítico? E ela respondeu: Pai, a mãe foi embora mas nós não fomos, nós vamos ajudá-lo até o fim. E assim suas filhas o ajudou. Ele vendo o esforço de suas filhas disse: Senhor dá recompensa para minhas filhas, porque comigo sofreram, choraram e apanharam. Assim um dia eles foram fazer uma visita, Deus muito os abençoou, a glória desceu, a virtude do céu invadiu o lugar onde eles estavam e o Senhor selou as suas duas com a promessa do Espírito Santo.
E assim Deus passou em Julio Mesquita/SP e libertou o pai e mãe dele, tirou o irmão dele da UTI e deu um coração para seu irmão mais velho. Passou uma semana depois destas obras ele foi congregar numa cidade chamada Echaporã/SP perto de Assis/SP, e estavam seu pai e seu irmão juntos com ele, depois do culto foram fazer uma visita na casa do cooperador de jovens, o ir. Toninho; alí chegando tinha mais ou menos 30 pessoas e ele falou com Deus: Senhor, eu sei que sou paralítico, nunca mais vou andar pela medicina, mostra que está comigo, mexe a ponta do meu dedo.
Não sabia ele como Deus ia entrar na sua vida, qdo levantaram da oração, Deus falou para ele entrar no quarto do irmão Toninho, ele pediu licença o qual foi concedida pelo irmão, ele entrou, fechou a porta e apagou a luz, de repente entrou um clarão dentro daquele quarto, ele começou a chorar, quem estava na sala começou a manifestar a promessa do Espírito Santo e dar glória a Deus sem entender o que estava acontecendo dentro do quarto, no meio daquele clarão apareceu um varão de branco em sua frente, aquele varão seus ombros tocavam no teto e ele olhando para aquele varão muito grande, chorando que não podia se conter, aquele varão tinha uma mão muito grande, com aquela mão ele estendeu na perna do ir. Elizeu, a perna que estava torta, a perna que era cheia de cicatrizes, a pernas que não andava mais, com a mão direita ele arrancou fora e com a esquerda colocou duas pernas nova no lugar, assim o ir. Elizeu abriu a porta do quarto e correu para sala pulando, muitos dos irmãos que ali estavam começaram a entrar em desespero por ver um paralítico andando, ele subia em cima da cadeira, subia em cima do sofá, corria de lado para o outro, vendo seu pai correu ao encontro dele, abraçou o seu pescoço e disse: Pai o mesmo Deus que passou no templo, na porta chamada Formosa em Jerusalém, usou de Pedro e João para levantar aquele paralítico passou aqui também e me libertou, não sou mais paralítico, não preciso mais de cadeira de rodas, não precisa mais me pegar no colo, pai! Não precisa mais chorar, porque hoje o Senhor me libertou também.
Ouve uma manifestação muito grande, ninguém entendia mais ninguém, promessa que estava parada começou a manifestar, muitos que estavam desanimados se fortificou na graça, fé que estava lá embaixo foi levantada. Assim eles teve que deixar todo mundo chorando, pois tinha que voltar para Júlio Mesquita/SP que é de 60 Km de distância, assim ele passou em Marília/SP para pegar suas filhas que estavam na casa de seu irmão, qdo chegou já encontrou sua filha no corredor e disse: Filha vem no colo do pai! E ela não acreditando disse: Não vc não é meu pai, meu pai é paralítico. E ele respondeu: Filha faz muitos anos que o pai não pode pegar-te no colo, agora o pai pode, vem no colo do pai. Ela foi correndo abraçou o pescoço dele, a glória de Deus tomou o lugar e o Senhor batizou com a promessa do Espírito Santo o sobrinho dele.
Assim chegando na cidade de Júlio Mesquita/SP, amanheceu o dia a notícia se espalhou pela cidade, o primeiro que chegou em sua casa foi o prefeito e a fisioterapeuta diante daquele quadro dizia: Elizeu, paralítico não anda, prova pra nós. Pra provar para eles o ir. Elizeu subia na cadeira, e saindo para rua começou correr por ela gritando: Eu não sou mais paralítico, Deus fez um milagre! Deus fez uma obra! Muitos saiam no meio da rua pegava-o no colo e davam glória a Deus por ver um milagre de Deus.
De repente parou um carro na frente de sua casa qdo ele viu era o padre, o padre Sebastião que disse: Elizeu eu fiquei sabendo do milagre, posso te dar um abraço. E se abraçaram e o ir. Elizeu disse: Ah! Padre se vc estivesse sentido o que eu estou sentindo daria mais valor nas coisas de Deus. O padre chorando respondeu: Elizeu um dia vc vai me ver dentro da Congregação Cristã no Brasil. Mas a obra não parou por aí, pois chegando uma mulher evangélica de outra denominação disse: Elizeu,eu posso contar esta obra lá na minha igreja porque na minha igreja não tem obra, não tem milagre. Ele permitiu e ela contou, mais de 6 almas batizaram na Congregação Cristã no Brasil.
Assim ele voltou no Hospital de Marília/SP e perguntou para o médico: Doutor, passou aqui um moço desenganado da medicina, numa cadeira de rodas por causa do iodo aplicado nele errado?
O Doutor respondeu: Sim! Lembro dele, escapou da morte mas não escapou da cadeira de rodas, nunca mais anda.
O ir. Elizeu disse: Não doutor! Aquele moço está na sua frente. O médico ainda não acreditando respondeu: Não, paralítico não anda. Pegou os documentos e procurou no computador dizendo: Elizeu é vc mesmo? Me conta como aconteceu isto. O ir. Elizeu perguntou: Doutor vc crer em milagre? O médico disse: Elizeu, em todo meu tempo de medicina nunca vi isto, conta pois agora eu creio. Assim o ir. Elizeu começou a contar e qdo terminou, os médicos chorando disse: Elizeu não deixa esse teu Deus por nada, porque agora nós cremos que existe Deus lá dentro da Congregação Cristã no Brasil.
Assim irmãos como Deus tinha prometido que Deus ia fazer um rebuliço naquela cidade, pois já fazia 7 anos que não tinha batismo naquela cidade, um ano e pouco depois Deus já tinha preparado 8 batismos, assim qdo o ir. Elizeu ainda estava na cadeira de rodas, sua ex-mulher chegando em sua mãe disse que quem cuidava de paralítico era somente a mãe, e Deus para confundir o inferno preparou outra esposa pra ele e estão juntos louvando à Deus na cidade Julio Mesquita/SP.

GLÓRIA A DEUS POR ESTA OBRA MARAVILHOSA!

DEUS ABENÇÕE A TODOS E TENHAM UMA BOA NOITE.

GLÓRIA A DEUS, GLÓRIA A DEUS, GLÓRIA A DEUS.

21 comentários:

  1. SANTO DEUS..... QUE OBRA MARAVILHOSA
    A FÉ MOVE MONTANHAS
    O QUE MAIS É IMPRESSIONANTE A FÉ DO IRMÃO QUE NEM UM MOMENTO MURMUROU A DEUS... ISSO SERVE COMO EXEMPLO QUE NAS PROVAS E ANGUSTIAS DEVEMOS TER FÉ E FICAR EM PAZ, QUE NO TEMPO CERTO DEUS FARÁ A OBRA.. LOUVADO SEJA DEUS ETERNAMENTE

    ResponderExcluir
  2. Verdade ir. Cleitn, essa obra é pra nos ensinar que vale a pena esperar na providência do nosso Deus.

    Deus te abençõe!

    ResponderExcluir
  3. PODE TER CERTEZA QUE DEUS FAZ MILAGRES NA VIDA DA GENTE SE TIVERMOS FÉ,A GENTE PODE ENGANAR TODOS MAS AOS OLHOS DE DEUS AGENTE NÃO ENGANA.

    ResponderExcluir
  4. Eu ouvi esse testemunho e não dá pra contestar a veracidade deste, é impossível não crer! A Presença de Deus tomou a Igreja e não dá pra descrever... O Céu se abriu!!! Esse nosso Deus é Maravilhoso

    ResponderExcluir
  5. que DEUS MARAVILHOSO, NOS TEMOS NÃO É IRMÃO ?,AMEM PELA FÉ QUE ELE TEVE.

    ResponderExcluir
  6. Morei muitos anos em Maracaí, uma cidade que fica a uns 60 km de Echaporã onde Deus fez essa obra glorioza. Uma semana antes desse milagre, fomos congregar em Echaporã e após o culto fomos na casa do ir. Toninho coop de jovens, lá Deus tomou o irmão Barbosa, diacono de Maracaí e disse muitas coisas dadas por Deus ao irmão Toninho e num certo momento, o Senhor o tmou e disse: "...Irmão Deus fará muitas obras nessa casa, até o paralitico Deus libertará aqui dentro...". Na outra semana Deus fez esse milagre, louvado seja Deus.

    ResponderExcluir
  7. toda honra, toda gloria, seja dada ao DEUS eterno., gloria, aleluia.
    ir. augusto reis- piaui

    ResponderExcluir
  8. GLÓRIA A DEUS VIVENTE,TODA HONRA E GLÓRIAS Á DEUS,O SENHOR ME VISITOU GRANDEMENTE LENDO ESSA OBRA.A PAZ DE DEUS A TODOS QUE LEREM ESSE TESTEMUNHO,DEUS ABENÇÕE.

    ResponderExcluir
  9. LINDO TESTEMUNHO MARAVILHOSO ESSE GRANDE DEUS QUE NOS SERVIMOS DEUS DOS GRANDE MILAGRES CREIO DE ALMA POR QUE TBM JA TIVE O PREVILEGIO DE VER DEUS OPERAR GRANDEMENTE QUE DEUS VOS ABENÇOE A TODOS APDD

    ResponderExcluir
  10. ESSA OBRA EU ESCUTEI ELE PRÓPRIO CONTANDO EM ITAPEVA NO CDHU.MUITO LINDA.ELE MORA HJ EM JAGUARAIVA PR.

    ResponderExcluir
  11. Eu vi e ouvi este testemunho da boca do próprio irmão Elizeu, quando ele congregou conosco na Central de Frutal - MG, há uns 2 anos mais ou menos. Ele congregou e contou esta obra exatamente como está no texto, tudo bate. Após o culto ele me saudou e conversamos por uns minutos. Eu também sou cadeirante como ele era e creio fielmente que Deus possa também fazer um milagre comigo. A Paz de Deus a todos. Gil de Frutal - MG.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  13. Ouvi o ir. Eliseu contando essa obra na Vila Barcelona, em São Caetano. Coisa linda! Como dito acima, hoje ele mora em Jaguariaíva/PR.

    ResponderExcluir
  14. Linda obra,os feitos de Deus precisam serem contados e divulgados para que o crente e o incrédulo glorifiquem ao nosso Pai que esta nos céus. (A luz precisa ser manifesta ao mundo).

    ResponderExcluir
  15. Deus faz mais do que pensamos ou imaginamos, terrível em louvores, operando maravilhas.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...