sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

IR (a) CIDA JABOTICABA - LEBERTAÇÃO DO CÂNCER - MILAGRE !!!!



OBRA DA LIBERTAÇÃO DO CANCÊR

Um dia na palavra Deus perguntava para a irmandade assim: QUER SER ABENÇOADA IRMA?
E a irmã Cida respondeu para o Senhor: Sim, Senhor!
QUE SER REVESTIDA IRMA?
Sim, Senhor!
VC QUER VER A FACE DE DEUS IRMÃ?
Sim, Senhor!
VC QUER VER O ANJO DENTRO DA TUA CASA IRMÃ?
Sim, Senhor!
ENTÃO PASSA PROVAAAAAAAAA!

Assim após esta palavra Deus a provou, permitindo um câncer no seu corpo, foi para o hospital pois o câncer fez com que saísse um tumor para fora onde se via até as raízes, segundo ela era o câncer da raiz branca ( raro ), ela estava sendo o segundo caso no Brasil, o primeiro havia morrido.
Veio junta médica, foram feito vários exames, ela ficou uma semana no hospital para os médicos examinar a doença, e depois passados os dias ela foi operada onde ficou seis horas na mesa de cirurgia, depois foi uma vida de casa para o hospital, do hospital para casa, onde se fazia outras cirurgias, abria de um lado, abria do outro, SÓ DEUS!
Mas ainda não sabia que tinha câncer, os médicos fazendo de tudo para tentar salvá-la, até que deu 2 meses de vida a mais a ela, e ela chegando no médico perguntou se ela tinha câncer e o médico perguntou: vc tem fé? E ela respondeu que sim! vc tem medo de morrer? Ela respondeu: não, afinal se eu morrer minha vitória é certa, se eu viver vou glorificar o nome do Senhor!
Foi quando o médico mostrou um crucifixo na parede e perguntou: Vc tem fé em Jesus Cristo?
E ela respondeu: Esse aí do Crucifixo está pior do que eu!
Foi quando o médico se irou, pois o crucifixo era dele, e disse irado: Vc quer saber, vc tem câncer mesmo e o que tínhamos que fazer, já fizemos!
Então a irmã Cida respondeu: Se é assim, não volto mais aqui, só volto quando Deus me libertar!
Foi embora e a enfermidade se agravou e ela tombou em cima da cama, não conseguia se levantar. Seu esposo sempre buscando a palavra e Deus sempre respondendo que ia libertar, mas quanto mais ele buscava a palavra mais ela piorava ( o fogo Da prova aquecia ), nisto foi secando, perdendo a visão e se apodrecendo em cima da cama de forma que não se tinha condição de entrar dentro do quarto por causa do mal cheiro.
Ela passava o dia todo sem tomar água, sem comer, só a tarde quando seu esposo chegava que ia dar banho, dar comida e água.
Quando um dia ela começou a falar com Deus: Ah Senhor, agora as pessoas não vem mais me visitar, sumiram tudo, estou apodrecendo e cheirando mal, ninguém vem aqui me dar um banho, ah Senhor! Já pensou depois de tanto sofrer eu me irar, eu blasfemar contra a Tua vontade, por que Tu não me recolhes, por que sofrer tanto?
Quando ela estava reclamando com o Senhor, entrou uns irmãos dentro do quarto dela, entrou umas irmãs de saia marrom e de blusa cor de creme bem clarinho. Foi quando um irmão de terno marrom clarinho perguntou a ela: Vc está reclamando? E ela respondeu: Irmão já pensou depois de tanto sofrimento eu pecar e blasfemar contra o Senhor?
Foi quando eles disseram que iam orar por ela, que Deus havia mandado orar por ela, assim eles dobraram os joelhos, as irmãs colocaram o véu, inclusive uma das irmãs colocou o véu na cabeça da irmã Cida e fizeram uma oração tão gloriosa, mas tão gloriosa, manifestavam o dom em evidencias de novas línguas, E MANIFESTAVAM TÃO ALTO que as irmãs da rua de cima vieram correndo e ajoelharam na porta da sala, a cunhada da irmã Cida ajoelhou na porta da cozinha, isto sem a irmã Cida saber que elas estavam lá, e assim chegou muitos irmãos que foram ajoelhando em volta da casa, pois a presença de Deus era muita!
Quando terminaram a oração se levantaram, abriram seus hinários e cantou um hino para irmã Cida que diz assim:

Não desanimes nesta prova em que estás
Deus te promete hoje mesmo te ajudar
Enviará do alto o consolador
E mostrará o quanto é grande o Seu amor

Segue avante irmãos
Segue avante irmãos
Não deves por o coração neste mundo de ilusão

Pois todas as cousas deste mundo ficará
E estas cousas lá no céu não entrará
Só os fiéis que subirão com o Senhor
Contemplarão a face do bom criador

Segue avante irmãos
Segue avante irmãos
Não deves por o coração neste mundo de ilusão

E quando as tuas provas terminar
E tu neste mundo, cansadas de lutar
Então tu irás para braço do Senhor
E lá no céu nunca mais tu terás dor

Segue avante irmãos
Segue avante irmãos
Não deves por o coração neste mundo de ilusão

DEPOIS ELES CANTARAM OUTRO QUE DIZ ASSIM:

Vamos todos juntos com o Senhor Jesus
Vamos todos juntos com o Senhor Jesus
Pois bem perto estás com Suas mãos
E quem clamar socorro terás

Então quando vier do céu
E encontrar nós todos aqui
Então dirás o Senhor
Vinde ao reino de amor

Não deves mais chorar
Pois o Senhor virá
Com teu grande poder
Ele vai te libertar

Perto de ti esta
Aquele que te chamou
Entrega a ele a tua dor
Pois ele tem poder de te curar irmã

Glória a Jesus o justo
Glória a Jesus o justo
Glória darão os teus amados fiéis

Assim que eles terminaram foi brotando no chão como se fosse uma nuvem de fumaça, e foi fazendo aquele caracol e ia envolvendo os irmãos que ali estavam, e a irmã Cida começou a dizer: Senhor tu estas me recolhendo, minha vida esta se acabando, minha visão está acabando.
E nisto a nuvem envolveu os irmãos e começou a levá-los para o céu e quando desapareceram e acabou o barulho da manifestação, as pessoas que estavam do lado de fora começaram a bater na porta chamando a irmã Cida para que abrisse a porta, e a irmã Cida sem entender nada dizia: os irmãos acabaram de sair!
E as irmãs de fora diziam: Não, a porta está fechada! Então saiu pela cozinha, respondeu a irmã Cida.
Aqui não também, a porta da cozinha esta fechada também! Respondeu sua cunhada.
Todas as irmãs chorando manifestando a promessa com seus véus sobre a cabeça, foi quando a irmã Cida voltou em si e disse: MEU DEUS; O SENHOR MANDOU OS ANJOS DO CÉU E EU NÃO PUDE FALAR NADA!
Então com muito esforço se levantou da cama, e ainda pode escutar os anjos cantando bem longe no céu, foi para fora da casa e olhou para o céu mais ou menos no rumo do sol, estavam lá em cima em forma de uma coroa cantando:

Para a glória, para a glória
Para a glória o Senhor te quer levar

Aqui neste mundo de labor
A muita tristeza e dor
Mas Deus reserva para os seus fiéis
A glória eterna no Seu reino de esplendor

Para a glória, para a glória
Para a glória o Senhor te quer levar

Ainda que tiveres dor
É grande o amor do teu Senhor
Pois ele quer ver-te com fervor
Aqui na terra louvando ao Criador

Para a glória, para a glória
Para a glória o Senhor te quer levar

Assim Deus mandou mais vezes os anjos virem visitá-la, mas todo as vezes que eles vieram visitá-las ( total de 3 vezes ) a irmã Cida não pode reconhecê-los, só quando eles saiam.
Foi quando um dia o ir. Manoel ( esposo ) disse: É a ultima vez que vou buscar a palavra sobre tua situação, não buscarei mais, porque quanto mais eu busco, quanto mais eu oro, quanto mais eu clamo, vc está ficando pior, então está é a ultima palavra, assim ele foi...
Ela ficou e como sempre sozinha, a porta ficou encostada, e de repente ela escutou a porta se abrir e um barulho de passos com chinelos e ela perguntou: quem está entrando? Não obteve resposta.
Quem está entrando? E nada de resposta!
Quando os passos chegou na porta do quarto e entrou, DEUS TOMOU A IRMÃ CIDA COM A PROMESSA EM EVIDÊNCIAS DE NOVAS LÍNGUAS, COM UMA VIRTUDE DO CÉU, QUE MODO QUE NÃO CONSEGUIA ABRIR OS OLHOS.
E os passos foram entrando até a beira da cama.
Foi quando ela conseguiu perguntar: Quem está aí?
E uma voz respondeu: EU; EU VIM TE LIBERTAR!
A irmã Cida tornou a perguntar: Mas és tu mesmo, Senhor!
- SIM SOU EU!
E ela tronou a perguntar: Senhor, quantos que eu visitei com câncer, todos morreram!
E o Senhor respondeu: TIAGO MORREU E PEDRO NÃO; E ERAM OS DOIS DA MESMA FÉ; CRÊ QUE EU VOU TE LIBERTAR!
E enquanto isto na congregação Deus mandava a mesma palavra: QUANTOS QUE EU VISITEI COM CANCER, UNS MORRERAM E OUTROS NÃO, TIAGO MORREU E O PEDRO NÃO E ERAM TODOS DA MESMA FÉ!
Então o Senhor disse: SE DEUS ENCONTRAR FÉ EM VC, DEUS VAI TE LIBERTAR!
E o Senhor ficou um pouco mais ali, Deus visitava a irmã Cida e o Senhor deu um cântico espiritual e disse: EU JÁ VOU!
Foi quando a irmã Cida falou para o Senhor: Senhor me dá força que quero ajoelhar. Ela ajoelhou, mas lembra quando ela voltou e quem a colocou na cama.
Lembra somente que qdo ajoelhou Deus deu uma visão onde ela estava em uma areia branca e o vento batia em seu rosto e assim Deus a libertou-a por completo.

GLÓRIA A DEUS ALELUIAAAAAAAA!

EU TE AMO SENHOR, ME AJUDA A CHEGAR A SIÃO CELESTIAL E MORAR CONTIGO ETERNAMENTE!

Amém, Amém, AMÉM!

Irmãos depois eu posto mais obras com a irmã Cida Jabuticaba...tem uma onde ela foi pregar o evangelho para o bispo e o padre da igreja católica que só Deus!
Glória a Deus!

Orem a Deus por mim e não esqueça de vós!

Um comentário:

  1. Terrível esse milagre MEU DEUS QUE GLORIA. ME AJUDA SENHOR ENTRAR EM SIÃO CELESTIAL. GLORIA GLORIA GLORIA DEUS

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...